até sempre


«Às vezes no silêncio da noite eu fico imaginando nós dois, eu fico ali sonhando acordado, juntando o antes o agora e o depois. Eu tenho meus desejos e planos secretos só abro pra você mais ninguém. Quando a gente gosta é claro que a gente cuida. Fala que me ama»

2 comentários:

Verinha disse...

É tão metodicamente dedicada à nossa decadência essa música. Mas adoro-a, sem dúvida :)
*

joão paulo disse...

é bom ver-te assim!