alma cara!

Não dei por começar mas aconteceu como da primeira vez, baby isto sou eu. Era só olhar, batia perfeito jaz como o mar como 'tar sem jeito. Tentei mudar-te um pouco mas agora sei que não devia. Tentei mostrar-te o louco que sou por ti desde esse dia. Não me deixes mais nesta situação, quero 'tar contigo p'ra ter a noção. Podia dizer que fiquei sem chão e o que tu me deste foi uma lição. Acredito ter aquilo que queres mas depois de teres aí não desesperes. É de loucos o que sinto por ti, sinto falta de ti, desejava tanto que 'tivesses aqui e me desses o devido valor porque acredito que a vida não é nada sem amor. Não, sei que não sou perfeito nem nada que se pareça mas eu respeito o que vai na tua cabeça. Não me deixes mais nesta posição, nada é em vão, tudo tem a sua explicação. E eu sei a minha quando te vejo, falo, toco, arrepio na espinha e agora vai ser tudo de bom. Ah e vou tentar ser mais coração mole, vou ligar-te para irmos ver o pôr do sol. O amor é rápido, sádico e às vezes trágico!

1 comentário:

joana meneses disse...

grande letra, adoro :P