eu e tu


« Eu e tu infelizmente não temos nada, somos tecto sem lar. Eu e tu somos romance que já não tem pernas para andar.Eu e tu já nada temos. Quero deixar-te mas é tanta a tentação. Eu e tu tínhamos tanto, hoje só resta uma velha canção. Escuta atentamente, não volto a dizer: sabes bem o nosso amor morreu. Já não te sinto em mim, já não te sinto em ti, já não te sinto em mais ninguém. Sei que tu mentes e tu também sentes que o nosso amor meu bem, morreu.
Ainda temos um guarda vestidos com umas peças esquecidas por lá.
Algumas bolas de naftalina e o teu terno feio de tafetá. As tuas cartas guardo para sempre na minha caixa magenta de cartão. Já não te sinto em mim amor e pouco ou nada tenho para dizer. Entre nos dois eu já não sinto calor e acho que nunca senti. »

1 comentário:

Bé* disse...

lindo!

sigo o teu blog!

beijinho