you're simply the best *

"I call you when I need you my hearts on fire
you come to me, give me everything I need
give me a lifetime of promises and a world of dreams
speak the language of love like you know what it means
you're better than all the rest, better than anyone I've ever met"

Sei que daqui a um ano não vou ter tantas recordações como tenho hoje e que ano passado ainda tinha mais que este ano mas nem eu nem tu somos donas do tempo para o pararmos quando nos apetece.
É difícil lembrar-me dos planos que fizemos para quando tivéssemos quinze anos, dos namorados que íamos ter, dos tacões que tanto sonhamos usar, das roupas iguais às bonecas da altura. Agora sabes tão bem como eu o que idealizamos há dez anos atrás maioria não passavam de sonhos. E acredita que se pudesse recuar uns bons anos o faria sem hesitar mas talvez não o quisesse realmente porque os bons momentos são únicos e se os voltarmos a repetir não vão ter o mesmo sabor.
Dá-me um minuto, ou talvez mais, para me tentar lembrar do primeiro dia em que te vi, da primeira impressão que tive tua - iria ser uma dor de cabeça devido há quantidade de tempo que já passou até hoje.
Gosto quando tiramos um dia só para nós e adoro a forma como nos conhecemos tão bem. Aprecio bastante quando vemos fotos nossas em pequenas e fazemos as famosas criticas “este cabelo, Sara?”.

Leio-te os pensamentos só de olhar fixamente para os teus olhos, sei o exacto momento que vais criticar a pequena ondinha do meu nariz e quando chegas a minha casa e dizes “ficas linda com a toalha do banho na cabeça”. Para mim tu deixaste de ser imprevisível há muito tempo, porque eu e tu conhecemos talvez desde sempre e tenho a certeza que não irei conhecer todos os pontos fracos e saber de cor as qualidades como sei tuas. Desculpa o meu sentimentalismo mas há coisas que só se dizem totalmente uma vez na vida porém daqui a dois anos estarei a celebrar o teu aniversário da mesma maneira que o celebro hoje.
O teu cabelo cresceu, as tuas roupas mudaram, a tua forma de pensar mudou mas os teus amigos nunca se alteraram. Relativamente a mim, cumprimos a promessa com a nossa pedra azul onde juramos ficar juntas sempre.




P.S. Desculpa(-me) pela decisão que tomei, por não puder presenciar todas as tuas alterações a partir de agora, por não puderes correr todas as manhas para os meus braços. E sei que me vou lamentar todos os dias por ter feito isto mas não me culpes porque a dor aí ainda se vai tornar maior do que já está.

5 comentários:

mary ♥ disse...

o tempo passa mas o que realmente importa permanece .

Sara disse...

não te culpo pela tua decisão de ires para onde vais, mas não vou poder deixar de atribuir culpas se isto fizer com que nos afastemos, com que a nossa pedra azul deixe de fazer sentido. vais-me garantir que vamos estar juntas muitas vezes como se fossem ferias de verão.
porque não podemos deixar de nos conhecer como nos conhecemos, nem de nos compreender mutuamente como só nós somos capazes.
vais deixar a minha escola e a minha turma, mas nao vais deixar de existir do lugar mais querido que tenho no coração (e sabes bem que é difícil alcança-lo por isso podes-te sentir, desde já, privilegiada :b).
e não, nunca foste substituida por ninguem, porque és simplesmente a melhor. «um xi-coração» :')

Cátia Vieira disse...

que post, tão puro e sincero! um grande beijinho

Vera disse...

Fizeste-me sorrir com essas palavras, só há uma pessoa dessas na vida de alguém, e nunca se deve temer o futuro, acredita que ficam para sempre. E não há nada mais forte do que um amor, uma amizade, a sério. Nada muda se nós não queremos que mude!
amo-te minha pequena, e boa sorte para este ano :)

catarina santos disse...

que liiiindo texto :p e a tua cara de pita na foto mata-me um bocadinho , ahah :p
eu txi amoo!